páginas

Hipocondríaca da farmácia X Tinder

2 de mar de 2015

Isso aconteceu há muito tempo, época em que eu usava o Tinder. Mas já que Tinder ficou tipo Madonna e biscoito maizena - atemporal - ainda tá valendo.

Uma breve contextualização: eu fui atraída num esquema meio 'pirâmide'. Várias conhecidas encontrando caras bacanas e muitas histórias de sucesso por aí. "Entra, amiga, você também vai se dar bem!". Mesmo parecendo furada, resolvi tentar. Trabalhando de 9h às 18h e estudando de 19h às 23h... Vai que eu também tiro R$ 15.000 em namorados todo mês sem sair de casa?

Calibrei o sarcasmo para o modo paquera e comecei a conversar com meu primeiro match. No perfil, ele dizia ser estudante de medicina e trabalhava na polícia. Achei instigante. Depois descobri que era estagiário legista. E que amava. E queria fazer isso pra sempre. What?

Mas é como aquele ditado: para cada block há uma janela que se abre. 

E abriu. 

De um match que tava em silêncio há uns dois dias.



 Ai não ele leu o blog

Eu já sabia que o aplicativo tinha puxado, junto com as informações do Facebook, a URL do ITE Girl e a inserido no meu perfil. Mas não imaginei que alguém fosse, de fato, abrir e, menos ainda, ler (o legista, por exemplo, não tinha nem mencionado. Gente morta supera gente doente, sem dúvidas).


 Post do olho é esse aqui.





Ai gatinho fofo de Recife tá se divertindo com meu blog <3

 


Ele escreve esquisito mas disse que EU escrevo bem...
Vem pra primeira base, meu bem! 




 OMG OMG alma gêmea do Agreste que APENAS constroi navios <3 <3

A conversa fluiu que foi uma beleza - e eu joguei tudo pro alto: confessei minha total incapacidade de entender como aviões e navios funcionam (na verdade, eu não entendo nem como bicicleta funciona, mas achei melhor omitir essa parte). Era eu ali, desnuda, sem segredos, entregue.



Opa, terminou.  Vai chamar prum chopp FATOOOO, não tá se aguentando, precisa conhecer essa pessoa incrível irreverente que sou eu...




 Aí foi isso amiga ridículo esses cara do Tinder

Muita gente me dizia, antes desse episódio, que o blog afastava 'pretendentes'. Esse fofo só me confirmou isso, o que acabou me desestimulando a escrever por um BOM TEMPO. Hoje, é muito claro, pra mim, que assumir esse meu alter ego esquisito é bem mais importante e ~divertido~ do que posar de boneca na caixa. (Até porque essa boneca aqui tem alguns parafusos a menos e outros muitos a mais...)
.
.
.

0 comentários:

Postar um comentário

Vai falar? Fala na cara!!!

Eu sou a ITE GIRL Copyright © 2009 Designed by Ipietoon Blogger Template for Bie Blogger Template Vector by DaPino